Proposta do Orçamento do Governo para 2019 é discutida na Assembléia

1ac6a9c759de763116b4f2d1b9d99a86A Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (28), com técnicos da Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan) para discutir sobre o Projeto de Lei 212/2018, encaminhado à Assembleia Legislativa pelo governador Flávio Dino. A matéria trata sobre a proposta orçamentária do Governo do Maranhão para o exercício de 2019.

Durante a reunião, presidida pela deputada Francisca Primo (PCdoB), o secretário-adjunto da Seplan, Roberto Santos Matos, e o superintendente de Assuntos Fiscais, Marcelo de Sousa Santos, fizeram uma ampla explanação sobre a proposta orçamentária do governo.

De acordo com a mensagem do governador Flávio Dino, o Projeto de Lei 212/2018, formulado em consonância com o Plano Plurianual (PPA) 2016/2019, compreende a programação dos Orçamentos Fiscal, da Seguridade Social e dos investimentos das empresas nas quais o Estado do Maranhão detém a maioria do capital social, abrangendo as ações de todos os órgãos e entidades dos três poderes, do Ministério Público e da Defensoria Pública do Estado.

Além da presidente da Comissão de Orçamento, deputada Francisca Primo, a reunião contou, também, com a presença dos deputados Rafael Leitoa (PDT), Professor Marco Aurélio (PCdoB) e Cabo Campos (PEN).

De acordo com o projeto de lei encaminhado pelo Executivo, o Orçamento de 2019 prevê uma receita global de R$ 21.201.079.000 (vinte e um bilhões, duzentos e um milhões, setenta e nove mil reais). Além da despesa total fixada em R$ 21 bilhões, há previsão do Orçamento Fiscal, em R$ 14.624.235.217; Orçamento da Seguridade Social, em R$ 6.312.977.783; e Orçamento de Investimento das Empresas Estatais, em R$ 263.866.000.

Durante a reunião, realizada na Sala das Comissões, os deputados fizeram questionamentos sobre emendas parlamentares e sobre todos os setores da administração pública, como também sobre recursos para o pagamento dos servidores em geral, especialmente dos pensionistas e aposentados, no exercício de 2019.

Esclarecimentos

Os técnicos da Seplan responderam a todos os questionamentos feitos tanto sobre o projeto de lei do Plano Plurianual 2016/2019, quanto sobre o projeto da Lei Orçamentária Anual 2019. Eles apresentaram um documento, que organiza políticas públicas e relaciona todos os programas, ações e metas da administração estadual.

Segundo a Seplan, o Plano Plurianual foi concretizado a partir de diálogo com todas as regiões do estado, quando, seguindo a diretriz do governo Flávio Dino, equipes da Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan) e da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) estiveram em todas as regiões do Maranhão ouvindo da população as prioridades para cada território.

Ao final da reunião, a presidente da Comissão de Orçamento, deputada Francisca Primo, informou que o projeto do Orçamento do Governo do Estado tramita de maneira normal na Assembleia Legislativa, e deverá ser discutido e votado no Plenário na primeira metade do mês de dezembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s