Ministério Público apura envolvimento de secretário em contratos sem licitação

carlos-eduardo-lula-940x540

Suposto envolvimento do Secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, em irregularidades no pagamento de empresas sem contratos e em processos licitatórios realizados pela secretaria, estão sendo apurados pela Procuradoria Geral de Justiça, que abriu procedimento investigativo com o prazo de 90 dias para ser concluído. O  processo está a cargo do assessor especial da procuradoria, Cláudio Alencar.

Segundo a Polícia Federal, o esquema de desvio de verbas federais na Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão começou em março de 2015. De acordo com a Controladoria Geral da União, o esquema de fraudes e desvio de verbas públicas destinadas a saúde culminou com a contratação indevida e pagamento de pessoal, cerca de 400 pessoas participaram de forma direta e indireta desse esquema.

O secretário Carlos Lula responde ainda um processo que tramita na justiça sobre um outro inquérito da Polícia Federal que apura seu possível envolvimento em fraude a uma licitação para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade de  Chapadinha-MA. As investigações correm em segredo de justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s