Museu da Gastronomia Maranhense é finalmente entregue à população


O Museu da Gastronomia Maranhense, entregue hoje (13) à população, oferece novo espaço cultural que muito contribuirá para fortalecer, promover e valorizar a gastronomia maranhense, pois será um espaço permanente de capacitação na área da gastronomia local. O projeto é resultado de parceria com o Ministério do Turismo e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A proposta do espaço é oferecer ao visitante uma experiência inesquecível pelos sabores da culinária local, que encanta com o olhar e com o paladar, porque é forte, marcante e nobre sem ser sofisticada. Como cidade patrimônio cultural da humanidade, São Luís é detentora de um imenso valor cultural e seus pratos típicos integram esse conjunto de elementos que fazem da capital maranhense única nesse aspecto.

Tendo como base da sua composição principalmente peixes, mariscos, moluscos e outros frutos do mar, além de uma variedade de produtos naturais, a culinária maranhense será exortada no Museu de Gastronomia para proporcionar ao visitante um mergulho pela cultura local através de seus sabores mais genuínos e da singularidade da preparação de suas iguarias.

A partir de amanhã (14), além da exposição, que reunirá informações e curiosidades da gastronomia maranhense, o espaço também será dedicado à oferta de cursos na área da gastronomia. Para visitação, o local funciona de segunda à sexta, das 8h às 19h e aos sábados, das 8h às 12h.

No museu, estão representados também os diversos festivais gastronômicos que marcam o calendário maranhense, como a Festa da Juçara, por exemplo, que ocorre anualmente no bairro Maracanã. Assim como também os festejos populares, a exemplo do São João de São Luís e seus elementos folclóricos como o bumba meu boi, com suas variações de sotaques, ritmos, indumentárias e instrumentos musicais.

LOCAL

O museu ocupa um dos mais belos casarões coloniais da Rua da Estrela, amplamente restaurado para contar a história da culinária maranhense aos visitantes locais e a turistas, que poderão se deleitar com os sabores regionais e apreciar todos os elementos que compõem a cozinha de raiz da culinária maranhense.

O imóvel está inserido no Centro Histórico de São Luís como parte integrante do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Cidade de São Luís – MA, tombado pelo Governo Federal, através do Processo N.º 454-T-57, e também faz do conjunto arquitetônico tombado pelo Governo do Estado através do Decreto 11.592 de 12/10/1990.

HISTÓRIA DO CASARÃO

Edificado no século XIX, o sobrado da Rua da Estrela Nº. 82 apresenta características arquitetônicas das construções do período áureo da economia maranhense, que se inicia após a criação, em 1755, da Companhia Geral do Grão-Pará e Maranhão, empreendimento estruturado pelo Marquês de Pombal, ministro de Dom José I (1750-1777), que estimulou a produção agrícola por meio de financiamento para a aquisição de ferramentas e mão de obra escrava, colocando o Maranhão no circuito internacional de exportação, tendo como principais produtos o algodão e arroz.

O imóvel apresenta, no trecho do cunhal em pedra de lioz, na face voltada para a Rua da Estrela, uma inscrição do século XIX, que indica o nome do proprietário e a data provável da construção: “Caetano José Teixeira fez edificar essa propriedade…”. Porém a data não está explicitamente definida na inscrição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s