Menos telefones públicos na capital

maxresdefault

Por determinação a da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), cerca de mais de 4 mil telefones públicos, os famosos orelhões, serão retirados da capital. A ordem é deixar menos de mil orelhões já instalados em lugares estratégicos como shoppings, aeroportos e rodoviárias.

Mesmo com a gratuidade nas ligações, muita gente deixou de usá-los por possuir celular ou por não achar um orelhão funcionando. As ligações locais feitas para telefones fixos em orelhões da Oi no Maranhão e em outros 14 estados são gratuitas desde 2015, mas o difícil mesmo é encontrar algum telefone em funcionamento.

Segundo os dados de 2017 da Anatel, existiam mais de 19 mil telefones públicos no Maranhão que deveriam ficar permanentemente a disposição da população, mas pouco mais de 6.500 funcionavam. Os outros 14 mil estavam em manutenção, segundo a operadora de telefonia.

Em uma decisão tomada pela Anatel em 2015, as operadoras eram obrigadas a instalar telefones públicos nas localidades com mais de 100 mil habitantes e pelo menos quatro telefones onde houver mais de mil moradores. Este ano, a próprio órgão determinou a retirada dos orelhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s