PF investiga superfaturamento de máscaras na prefeitura de São Luís

28407_a90b8bc8-ae42-dc4f-bfcb-e152c4a7e36a-678x381

Policiais federais cumprem três mandados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão, em uma operação batizada de Cobiça Fatal, que apontaram possíveis desvios de recursos públicos federais, que seriam usados no enfrentamento ao novo coronavírus, no Maranhão. As investigações têm o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU).

Na ação, realizada ontem (09/06) também houve o sequestro de bens e bloqueio de contas dos investigados. As ordens judiciais foram expedidas pelo juiz da 1ª Vara Federal de São Luís/MA. A investigação apontou indícios de superfaturamento na compra de 320 mil máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís. O material foi adquirido por R$ 9,90, a unidade, enquanto o preço médio, praticado no mercado nacional, é R$ 3,17. O sobrepreço é estimado em R$ 2,3 milhões, no total.

Penas

Os investigados podem responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, fraude em processo licitatório, superfaturamento na venda bens e associação criminosa. A operação, segundo a Polícia Federal, foi denominada Cobiça Fatal em razão do desejo imoderado de obtenção de riqueza. (Agência Brasil)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s