Deficiência na prestação de serviço de ferry-boat leva MP a buscar medidas para solucionar o problema

Foi destacado pela MOB a definição do quadro tarifário e a questão dos horários das viagens

Falhas em relação à acessibilidade, falta de higiene e atrasos nos horários das viagens, foram alguns dos assuntos discutidos, ontem (26), pelo Centro de Apoio Operacional do Consumidor (CAOp) e o Ministério Público do Maranhão (MPMA), que tem buscado encaminhar medidas para resolver os problemas identificados na prestação do serviço.

Na reunião, conduzida pela coordenadora do CAOp Consumidor, Lítia Cavalcanti, foi apresentado o edital de licitações, que será lançado na próxima terça-feira (3), referente à escolha da nova empresa prestadora do serviço.

Sobre o edital, foi destacado pela MOB a definição do quadro tarifário e a questão dos horários das viagens. “Terá que ser apresentada uma carta de compromisso, por parte da empresa, em que serão previstas mais cinco embarcações novas dentro de cinco anos e o comprometimento com a manutenção dos serviços. Com o aumento do número de barcos poderá ocorrer mais viagens, atendendo melhor a demanda”, disse o presidente da MOB, Daniel Carvalho. Com base nas discussões realizadas na reunião, será formulado um Termo de Ajustamento de Conduta com medidas que auxiliem na resolução dos problemas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s