Greenpeace diz que discurso negacionista de Bolsonaro isola o Brasil

Segundo dados da Global Forest Watch, o Brasil foi o país que mais destruiu suas florestas em 2019

Ao comentar o discurso do presidente Jair Bolsonaro na 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (22/9), o Greenpeace afirmou que as falas do presidente envergonham o povo brasileiro e isolam o Brasil do mundo. “Em seu discurso, Bolsonaro minimizou ou procurou negar esta realidade, ainda que todas as imagens de satélite disponíveis comprovem o tamanho da destruição”, ressaltou a organização não governamental (ONG).

Sendo o primeiro chefe de Estado a discursar Bolsonaro negou a crise ambiental no Brasil e buscou minimizar o cenário dramático de queimadas do Pantanal. O bioma está sofrendo as piores queimadas da história, desde o início das medições do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 1988.

“O Brasil concentra a maior floresta tropical do mundo (Amazônia), além da maior planície interior inundável do mundo (Pantanal). No passado o país já foi líder mundial de combate ao desmatamento. Entretanto, desde que Bolsonaro assumiu o poder, o país está se transformando em líder mundial em desmatamento”, frisou o Greenpeace.

A ONG informou que, segundo dados da Global Forest Watch, o Brasil foi o país que mais destruiu suas florestas em 2019, e este ano, os dados mostram que a situação só se agravou. “Os efeitos de tamanha destruição se refletem nas queimadas que estão avançando sobre alguns dos principais biomas brasileiros, como o Pantanal, a Amazônia e o Cerrado”, pontuou.

Em nota, a coordenadora de Políticas Públicas do Greenpeace Brasil, Mariana Mota, comentou que “negar ou minimizar o drama ambiental que o Brasil vive neste momento, resultado da política do governo Bolsonaro, agrava a difícil situação que o país enfrenta”.

Bolsonaro diz que Brasil é vítima de campanha de desinformação sobre Amazônia

O chefe do Executivo argumentou ainda que o país é líder em conservação de florestas

Durante o discurso na 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil é vítima de uma brutal campanha de desinformação sobre as queimadas ocorridas na Amazônia e no Pantanal. Bolsonaro ainda atacou as organizações não governamentais, caracterizando-as como “aproveitadoras e impatrióticas”.

“Somos vítimas de uma das mais brutais campanhas de desinformação sobre a Amazônia e o Pantanal. A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima. Isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada a interesses escusos que se unem a associações brasileiras aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil”.

O chefe do Executivo argumentou ainda que o país é líder em conservação de florestas tropicais e que ataques ao governo em razão das queimadas escondem interesses comerciais.

“Somos líderes em conservação de florestas tropicais, temos a matriz energética mais limpa e diversificada do mundo. Mesmo sendo umas das dez maiores economias do mundo, somos responsáveis apenas por 2% da emissão de carbono. Garantimos a segurança alimentar a um sexto da população mundial, mesmo preservando 66% da nossa vegetação nativa, e usando apenas 27% do nosso território para pecuária e agricultura, números que nenhum outros país possui. O país desponta como o maior produtor mundial de alimentos e, por isso, há tanto interesse em propagar tanta desinformação sobre o nosso meio ambiente. Estamos abertos para o mundo naquilo que melhor temos para oferecer, nossos produtos do campo. Nunca exportamos tanto. O mundo cada vez mais depende do Brasil para se alimentar”, declarou.

Bolsonaro também afirmou que o governo segue comprometido com a conclusão dos acordos comerciais do Mercosul com a União Europeia (UE) e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA). O presidente voltou a criticar a cobertura da imprensa brasileira durante a pandemia do novo coronavírus e criticou o isolamento social.

Ainda no mesmo assunto, o mandatário brasileiro falou sobre o auxílio emergencial e afirmou que cada um dos beneficiários do programa recebeu, aproximadamente, mil dólares. Leia o discurso na íntegra e veja o que mudou na fala dele em um ano. (Agência Correios)

Sem apoio a Amazônia, teremos desconfiança internacional, diz Flávio Dino

Flávio Dino participando da abertura do 21º Fórum de Governadores da Amazônia Legal

Para do governador Flávio Dino, se a Amazônia não receber a devida atenção quanto à geração de políticas de proteção, o país pode sofrer com a desconfiança internacional. Defendeu Dino na abertura do 21º Fórum de Governadores da Amazônia Legal.

“A política externa não pode isolar o Brasil: ela tem que mostrar uma imagem positiva, criar uma rede de boa vontade em torno do país, dos nossos produtos, dos nossos produtores, da nossa economia”, discursou

Flávio Dino falou da construção de uma política externa voltada para a importância da região amazônica e o seu desenvolvimento sustentável. “Podemos sofrer sanções internacionais, pelas instâncias supranacionais ou sanções difusas, aquilo que nós chamamos de má vontade”, lembrou o governador Flávio Dino.  

Amazônia brasileira é um ativo estratégico para o Brasil e ocupa centralidade nos debates internacionais sobre preservação, economia verde e desenvolvimento.  Na ocasião, Dino criticou a atuação do governo federal no agronegócio. “Não há dúvida quanto à centralidade da agricultura, da pecuária, do agronegócio para a economia brasileira e para a vida do povo. Não podemos abrir mão do pequeno, do médio e do grande. Mas não pode ser feito de qualquer jeito, senão se anulam suas virtudes”, lembrou o governador. (Informações: Secap)

Reafirmando compromisso com a zona rural da Baixada de Pinheiro

Luciano Genésio (PP), candidato à reeleição e Ana Paula (PDT), candidata a vice-prefeita

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), visitou, na tarde de domingo ( 20), os povoados Vitória dos Bragas, Estrela e Pedrinhas dos Araújos, no município de Pinheiro. O parlamentar esteve acompanhado do prefeito Luciano Genésio (PP), candidato à reeleição; de sua esposa, Ana Paula Lobato (PDT), candidata a vice-prefeita; da deputada Thaíza Hortegal (PP); de vereadores e secretários municipais.

Na ocasião, Othelino Neto reafirmou seu compromisso com a zona rural da Baixada Maranhense.

Em Estrelas, o chefe do Legislativo estadual dialogou com moradores da comunidade, onde ouviu seus pleitos e reiterou seu compromisso em buscar melhorias para o desenvolvimento local.

“É um prazer visitar os povoados e ouvir as histórias e demandas de seus moradores. Manter o diálogo é a melhor forma do político se relacionar com o povo. Aproveitamos para reforçar nossa disposição em dar continuidade ao bom trabalho que já vem sendo feito na atual gestão em Pinheiro. Essa união de forças trará mais investimentos e melhorias também às comunidades da zona rural do município”, ressaltou Othelino.

Benefícios

Na reunião em Estrelas, conduzida pelo vereador Sandro Lima, que é candidato à reeleição, o prefeito Luciano Genésio pontuou benefícios que chegaram ao município com o trabalho do seu grupo político.

“Pinheiro já ganhou inúmeros benefícios com essa junção de forças, como as emendas parlamentares destinadas para a pavimentação e recuperação de vias. Temos um time forte que, junto, trabalhará muito mais por nossa cidade”, destacou Genésio, acrescentando ainda o compromissos de melhorar o sistema de abastecimento d’água no povoado e a estrada vicinal que dá acesso ao local.

Ana Paula Lobato, candidata a vice-prefeita, destacou a importância de estar próxima dos povoados. “Foram momentos importantes em que reafirmamos nosso compromisso com a cidade de Pinheiro e, em especial, com a zona rural, que tem um papel fundamental para o crescimento econômico do município”, disse.

Na reunião, a deputada Thaíza Hortegal ressaltou o fortalecimento do grupo político com o apoio do presidente Othelino Neto. “Agradeço a presença do presidente nessas visitas. Realmente, Pinheiro tem crescido de forma acelerada, e esse crescimento nos impulsiona a procurar parcerias que nos dê estruturas sólidas e, consequentemente, bons frutos. O resultado desse trabalho em conjunto será de muito desenvolvimento e melhor qualidade de vida à população”, frisou.

A comitiva finalizou as visitas assistindo ao torneio de futebol, no povoado Pedrinhas.

Ônibus vão circular normalmente nesta segunda-feira em São Luís, afirma Sindicato

Os rodoviários haviam paralisado as atividades na manhã deste domingo

Os ônibus do sistema de transporte público de São Luís vão circular normalmente nesta segunda-feira (21), segundo o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Os rodoviários haviam paralisado as atividades na manhã deste domingo (20), em protesto contra a morte do motorista de ônibus Francisco Teixeira, que foi assassinado durante um assalto a coletivo, na noite de sábado (19).

De acordo com o sindicato, na manhã de hoje, os representantes do Sindicato dos Rodoviários estiveram reunidos com a cúpula de Segurança Pública do Estado (SSP), que se comprometeu em intensificar as ações de segurança.

Othelino destaca Marco Aurélio como um político preparado para administrar Imperatriz

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), marcou presença, na noite desta quarta-feira (16), em Imperatriz, na convenção partidária que homologou as candidaturas do deputado Professor Marco Aurélio (PCdoB) a prefeito e da advogada Rosiani Vicentine (PSB) a vice-prefeita; assim como dos postulantes a vereadores, que compõem a chapa “Juntos Somos Mais”, composta pelos partidos PCdoB, PSB, Solidariedade, PT e PDT, para concorrer as eleições municipais deste ano.

Para o presidente Othelino Neto, Marco Aurélio é um político atuante e o mais preparado para governar Imperatriz. O chefe do Legislativo pontuou diversos benefícios já concretizados no município por meio de ações do parlamentar.

“Sou um entusiasta da candidatura de Marco Aurélio, um político atuante e preparado para administrar Imperatriz. Como deputado estadual, trouxe benefícios concretos para a cidade, a exemplo da UemaSul, quilômetros de asfalto para pavimentação de ruas, emendas para a saúde e educação, entre outros serviços. Tem também a capacidade de dialogar e o apoio de políticos importantes para ajudar a levar Imperatriz rumo ao desenvolvimento”, avaliou Othelino Neto.

Liderança

Na ocasião, Professor Marco Aurélio falou do empenho do presidente Othelino Neto em levar melhorias ao município e afirmou que sua liderança o ajudará no pleito e a conseguir novas conquistas.

“Foi com o seu apoio que me tornei presidente da Comissão de Constituição e Justiça, uma das mais importantes da Assembleia, no meu primeiro mandato, e me fortaleci como líder. No Parlamento, Othelino mostra como se exerce uma liderança com humildade, acolhimento e lealdade. Além disso, ele sempre destinou emendas importantes para a nossa cidade, reforçando ainda mais nossa luta aqui. Imperatriz o abraça e agradece do fundo do coração o apoio nessa caminhada”, afirmou Marco Aurélio.

Presidente do PSB em Imperatriz, a advogada Rosiane Vicentini destacou que Imperatriz merece um prefeito que se volte para as pessoas. “Marco Aurélio faz isso muito bem. Seguirei junto com ele nesse projeto por uma cidade melhor, assim como os imperatrizenses merecem”, frisou.

Já o presidente municipal do PCdoB, Clayton Noleto, ressaltou a importância do apoio do presidente Othelino Neto à chapa. “Othelino tem muita experiência e sabe como devem ser conduzidos os assuntos referentes à administração. Ele já ajuda nossa cidade com captação de investimentos e, agora, com Marco Aurélio na Prefeitura, teremos avanços significativos que refletirão na qualidade de vida da população”, acentuou Noleto.

Também presente no ato político, o presidente municipal do PDT, vereador Alberto Sousa, reforçou a soma de esforços em prol de Imperatriz. “Temos aqui uma união de forças para fazermos a boa política e, consequentemente, construirmos uma cidade com melhores condições em todos os setores para os imperatrizenses”, disse, ressaltando ainda a importância do apoio do presidente Othelino e do senador Weverton Rocha (PDT/MA).

Aliado no Legislativo, o deputado Rildo Amaral (Solidariedade), presidente da legenda na cidade, destacou a união e a mobilização  entre os partidos para dar novos rumos a Imperatriz. “Nos juntamos para trazer ainda mais melhorias para a cidade, com a articulação do presidente Othelino. Manteremos essa aliança forte e permanente para buscarmos desenvolvimento aos imperatrizenses”, afirmou o parlamentar.

A fim de evitar aglomerações, o evento contou com a participação apenas de convencionados e foi transmitido ao vivo pelas redes sociais. Também seguiu todos os protocolos de distanciamento e de higienização, além da aferição de temperatura, uso obrigatório de máscaras e álcool gel na entrada.

Aulas presenciais na rede estadual continuam suspensas após divulgação de pesquisa

De acordo com dados da pesquisa, 54,58% não concordam com o retorno às aulas presenciais

O resultado da pesquisa com as comunidades escolares para saber a opinião dos estudantes matriculados em escolas da rede estadual, seus familiares e professores, acerca da volta às aulas presenciais nas escolas ligadas à rede pública estadual do Maranhão, foi anunciado pelo governador Flávio Dino, nesta sexta-feira (4), em coletiva de imprensa, ocasião em que ratificou a decisão do Governo do Maranhão em manter as aulas presenciais suspensas nas escolas da rede publicada estadual, até que as comunidades optem pelo retorno.

De acordo com dados gerais da pesquisa, 54,58% dos votantes não concordam com o retorno às aulas presenciais, no mês de outubro, e 45,42% optaram pelo retorno às atividades presenciais. Ao todo, 46.109 pessoas opinaram na consulta que foi realizada entre 26 de agosto e 1º de abril, por meio do site da Seduc.

Esta é a segunda pesquisa que foi realizada na rede pública estadual, que contou com aproximadamente o dobro do número de votantes da primeira consulta realizada na rede. 56,1% dos estudantes querem o retorno das aulas presenciais, enquanto 43,9% não querem. Já entre os pais e responsáveis, 36,3% querem o retorno, enquanto 63,7% não querem. Na categoria professor, 19,6% afirmaram querer o retorno, enquanto 80,4% não querem a volta às aulas presenciais.

“Temos que respeitar, é uma insegurança das pessoas. Nós consideramos que temos condições de avançar no ensino híbrido, mas faremos isso junto com as comunidades escolares. Essa pesquisa foi tabulada ontem e vamos repeti-la no final de setembro, para avaliar novamente a visão da comunidade escolar”, pontuou o governador.

Outro ponto em destaque na pesquisa foi com relação às atividades remotas realizadas pela rede de ensino estadual. A pesquisa mostrou que 37,67% dos estudantes afirmaram que conseguiram manter as atividades educacionais, mesmo à distância, enquanto 67,81% dos professores deram a mesma declaração. No quadro geral, 48,89% dos entrevistados declararam que as aulas remotas ajudam a minimizar os prejuízos da suspensão das aulas, 46,25% afirmaram ter participado, mas acreditam que tiveram pouco resultado prático e 4,86% declararam nunca ter participado. Na ocasião, o governador anunciou a distribuição de chips de dados para estudantes da 1ª e 2ª série do ensino médio. O Estado iniciou o processo para aquisição de mais de 200 mil chips que serão doados a esses estudantes, para reforçar o ensino remoto realizado nas escolas ligadas à rede pública. Em agosto deste ano, o Governo iniciou a distribuição de 90 mil chips de dados aos estudantes matriculados na 3ª série do Ensino Médio de escolas da rede pública estadual do Maranhão. (Fonte: Seduc)

Pré-candidata à prefeitura de Pedreiras é obrigada pela justiça a não realizar campanha antecipada

A multa a pré-candidata e seu marido por descumprimento é de R$ 2 mil diários e individualmente

A pré-candidata à prefeitura de Pedreiras, Vanessa Maia, e seu marido, Fred Maia, foram obrigados, em caráter de tutela antecipada de urgência, nesta quarta-feira, 2, a não realizar, até 26 de setembro, passeatas, carreatas, comícios ou eventos similares com veiculação de jingles.

Também não devem ser veiculadas frases e mensagens nas redes sociais em contextos que induzam, direta ou indiretamente, à captação antecipada de votos. Caso ocorram, tais elementos devem ser imediatamente excluídos. A multa por descumprimento é R$ 2 mil diários, a serem pagos individualmente.

A determinação, proferida pelo juiz Marco Adriano Fonseca, é resultado de Representação formulada pela titular da 9ª Zona Eleitoral de Pedreiras, Marina Carneiro Lima de Oliveira, no mesmo dia da decisão.

Fatos

A legislação eleitoral permite propaganda eleitoral somente a partir do dia 27 de setembro. Entretanto, em 29 de agosto, Vanessa Maia realizou, um evento de lançamento de pré-candidatura, no bairro do Diogo, no município, no qual foram divulgados jingles de campanha e o número do partido e feitos discursos contendo pedidos implícitos de votos.

Uma semana antes, o casal representado realizou uma “motocada” (grupo de motoqueiros) pelas ruas de Pedreiras, com de carro de som tocando o jingle da pré-candidata e também foi realizado um buzinaço. “Ante o exposto, evidenciados elementos que indicam ocorrência da prática ilegal de propaganda antecipada e visando garantir a lisura do pleito eleitoral e igualdade de oportunidades entre os pré-candidatos defiro o pedido de tutela antecipada de urgência, nos termos dos artigos 15, 294 e 300, todos do Código de Processo Civil”, lê-se na sentença.

Lateral danifica da Ponte Estreito dos Mosquito oferece perigo aos motoristas

Desde o dia outubro do ano passado, quando uma carreta quebrou a estrutura e caiu da ponte do Estreito dos Mosquitos, que a lateral da ponte do Estreito dos Mosquitos está sem danificada e até hoje os órgãos competentes não consertou o dano, como lembra a proprietário da Pousada Barreirinhas em sua rede social.

“Em outubro de 2019, com a queda de uma carreta, a ponte do Estreito dos Mosquitos teve sua proteção lateral danifica. Há quase um ano sem nenhuma providência dos órgãos públicos, hoje (03/09) ela estava sendo pintada. E o conserto ???”, indaga a Raquel Lago, em seu instagram.

O trecho do guarda-corpo quebrado está sem proteção provisória, apenas uma mangueira sendo usada como segurança para os veículos que passam velozmente rente à lateral danificada. Há pedaços de concreto pendurados por vigas quebradas ainda do acidente. O piso está com vários fragmentos. O local oferece perigo aos cinco mil carros que percorrem todos os dias os 460 metros da ponte (dado repassado pela Polícia Rodoviária Federal do Maranhão).

Na época da a Assessoria de Comunicação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) encaminhou nota de esclarecimento a imprensa (jornal Pequeno) dizendo que “os técnicos do DNIT, após avaliação dos estragos causados pela colisão de uma carreta no referido dispositivo de segurança, vericaram a necessidade de realizar a contratação de uma empresa especializada em recuperação da estrutura, de forma a recompor o trecho do guarda corpo que foi danicado. Face ao exposto acima, esclarecemos que o DNIT já está providenciando a realização de processo licitatório para a contratação da empresa que vai fazer os reparos necessários, o que demanda um certo período de tempo”.

O fato ocorreu hà quanse um ano e até o momento nenhum reparo foi feito, apenas uma pintura na estrutura da ponde, como informou a proprietária de uma pousada no município de Barreirinhas.

Azul volta a voar para Imperatriz e aumenta oferta de voos no Maranhão

A empresa aerea também iniciou novas frequências entre as cidades de São Luís (MA) e Belém (PA)

A partir deste mês, a Azul vai aumenta a oferta de voos no Maranhão. Ontem (01), a empresa iniciou novas frequências entre São Luís e Belém (PA) e, hoje (02), reabre sua base de operações em Imperatriz. Os voos para a segunda maior cidade do estado serão cumpridos com o ATR 72-600, com capacidade para até 70 Clientes.

Na ligação entre a capital São Luís e Belém as novas frequências acontecerão às terças, quintas e sábados com as aeronaves modelo Airbus A320neo, que têm 174 assentos. Já saindo de Imperatriz, as ligações com a capital paraense acontecerão às segundas, quartas, sextas e domingos, seguindo todos os protocolos e medidas de higiene estabelecidos desde o início da pandemia. Os novos voos já estão sendo comercializados em todos os canais oficiais da companhia.

Em Belém, o Cliente maranhense poderá seguir para destinos como Recife, Manaus, Santarém, Marabá, Altamira e Macapá, além de Viracopos, principal centro de conexões da Azul no país. Com as adições de mercados e frequências, a companhia deve ofertar 407 voos por dia para 88 destinos no Brasil e no exterior em setembro, alcançando 45% da capacidade operada pela empresa antes da pandemia e um crescimento de 570% em relação à malha de 70 voos que foi operada em abril, no momento mais crítico da crise.

Limpeza e segurança

A Azul reforçou a limpeza de suas aeronaves a cada voo e à noite, seguindo os protocolos sugeridos pela IATA. A companhia também foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por tripulantes e clientes, tanto a bordo quanto em solo. Em outra iniciativa pioneira, a Azul passou a medir a temperatura dos Tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos. A bordo da aeronave, kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido estão à disposição para uso dos clientes e dos tripulantes da Azul quando necessário. A companhia também tem utilizado descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina o vírus da COVID-19 em 99,99% dos casos.

Com o produto e a limpeza dupla nos assentos, mesinhas, bolsão, banheiros, encosto de cabeça, cinto de segurança, janela, paredes e compartimentos superiores, a Azul vem atendendo todas as normas de procedimento de limpeza e desinfecção sugeridas pela Anvisa. O serviço de bordo passou a ser realizado ao final do voo, garantindo o uso da máscara durante toda a viagem, e o desembarque agora é realizado por fileiras, evitando as costumeiras aglomerações no corredor no momento de saída da aeronave.